Gepedes no IFCE-campus Quixadá: uma experiência de ensino-pesquisa

Conteúdo do artigo principal

Daniele Cariolano da Silva
Claudeth da Silva Lemos
Francisco Tiago Ribeiro Silva
Venícius de Sousa Lima

Resumo

O estudo foi desenvolvido no Grupo de Estudos e Pesquisas Educação, Docência e Estudos Surdos (Gepedes) do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE), Campus Quixadá. Objetivou-se analisar as contribuições e os desafios vivenciados por licenciandos em geografia que fazem parte do Gepedes. Trata-se de uma pesquisa qualitativa do tipo estudo de caso, que recorre ao relato reflexivo para apreensão de dados e tem cinco sujeitos participantes. Os resultados evidenciaram possibilidades formativas nos processos de constituição de saberes, reflexões críticas, posturas colaborativas e competências acadêmicas vislumbradas nos discursos e nas ações discentes. Os desafios se expressaram no âmbito da aprendizagem de estudos temáticos e nas práticas investigativas inseridas na área didático-pedagógica. Assim, constatou-se a pertinência de reformulações curriculares e da criação de grupos de estudos e pesquisas sobre formação docente nos Institutos Federais de Educação.

Detalhes do artigo

Seção
Artigos
Biografia do Autor

Daniele Cariolano da Silva, Universidade Estadual do Ceará - UECE

Doutoranda em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Estadual do Ceará- PPGE/UECE. Mestrado Acadêmico em Educação e Especialização em Alfabetização de Crianças pela Universidade Estadual do Ceará. Especialização em Docência no Ensino Superior pela Faculdade Integrada da Grande Fortaleza. Graduação em Pedagogia e Habilitação em Administração Escolar pela UECE. Integra o grupo de pesquisa Docência no Ensino Superior e na Educação Básica, vinculado à referida instituição superior. Atualmente é pedagoga no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará - IFCE / Campus Quixadá. Desenvolve estudos e pesquisas nas áreas Formação de professores, Didática e Docência.