A presença da disciplina de filosofia no currículo escolar de Moçambique

Conteúdo do artigo principal

Alexandre Alvaro Oliveira
Celso João Carminati
http://orcid.org/0000-0002-3638-5489

Resumo

Neste artigo, analisamos o atual contexto da presença da disciplina de filosofia, no ensino secundário geral do segundo ciclo (11º e 12º anos de escolaridade), de Moçambique, contextualizando historicamente sua configuração e as condições do ensino. Os resultados indicam que o ensino da filosofia nesse nível é ministrado com objetivos predefinidos, com potencial para uma aprendizagem significativa. Já a pesquisa é utilizada como estratégia de ensino-aprendizagem. Há diversas lacunas a registrar: ratio conteúdos, carga horária semanal, acervo bibliográfico abaixo das necessidades.

Detalhes do artigo

Seção
Artigos
Biografia do Autor

Alexandre Alvaro Oliveira, Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC

Licenciado em ensino de Filosofia e mestre em Filosofia / Educação pela Universidade Pedagógica de Moçambique.

Doutorando no programa de Pós-Graduação em educação na Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC; na linha de pesquisa história e historiografia da educação.