A interferência das regras fonológicas e morfossintáticas do dialeto na aprendizagem do português padrão

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Liliane Pereira

Resumo

Neste texto, pretendemos apresentar um mapeamento das capacidades de linguagem (DOLZ; SCHENEUWLY, 2004), especificamente a linguístico-discursiva nas produções iniciais, a partir de uma sequência didática do gênero carta do leitor. O objetivo é verificar os erros decorrentes da transposição dos hábitos da fala para a escrita (BORTONI-RICARDO, 2005). Como suporte teórico para análise dos dados, pautamo-nos no interacionismo sociodiscursivo (BRONCKART, 2003; 2006; 2008) e na sua proposta de engenharia didática (SCHNEUWLY; DOLZ, 2004). No que se refere à sociolinguística educacional, nos embasamos em Bortoni-Ricardo (2005); Coseriu (1980); Castilho (2010); Soares (2002); Cyranka (2014, 2015); Camacho (1988); e Faraco (2008).

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
PEREIRA, Liliane. A interferência das regras fonológicas e morfossintáticas do dialeto na aprendizagem do português padrão. Educação Online, [S.l.], n. 24, p. 20-37, apr. 2017. ISSN 1809-3760. Disponível em: <http://educacaoonline.edu.puc-rio.br/index.php/eduonline/article/view/287>. Acesso em: 19 aug. 2017.
Seção
Artigos