Laços desfeitos: análise do discurso de professoras em fim de carreira

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Alessandra Müller da Silva Freitas
Silvane Aparecida de Freitas

Resumo

A análise do discurso de linha francesa concebe o discurso como uma materialização da ideologia decorrente do modo de organização dos modos de produção social. Segundo essa linha de pesquisa e as concepções de sujeito de Bakhtin (2004), faremos a análise do discurso de duas professoras de língua materna em fim de carreira. O objetivo dessa análise e reflexão é depreender e problematizar as representações que as professoras fazem de si e de sua profissão. Os dados dessa pesquisa foram obtidos por meio de entrevista audiogravada e num segundo momento transcrita. Assim, concluiu-se que a identidade do sujeito pós-moderno não é fixa, mas se define historicamente, variando de acordo com as representações e interpelações culturais, o discurso das professoras é atravessado por identificações conflitantes, numa tensão constante entre um discurso que as valoriza, produto de um desejo, e outro que as desvaloriza, resultante de uma realidade social.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Seção
Artigos
Biografia do Autor

Silvane Aparecida de Freitas, Universidade EStadual de Mato Grosso do Sul, Unidade Universitária de Paranaíba-MS

Pós-doutorado em Linguística Aplicada pela UNICAMP/Campinas (2009). Doutora em Letras (UNESP/Assis (2002). Docente dos Programas Scrito-Sensu de Letras e Educação da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul.