Tempos e espaços de brincar no primeiro ano do ensino fundamental

Conteúdo do artigo principal

Maísa Aparecida Ruiz Martins
Ana Paula Rodrigues Sanches
Maria Walburga dos Santos
Andreia Regina Oliveira Camargo

Resumo

O artigo nasce a partir de reflexões em um ciclo de estudos sobre infâncias na disciplina infâncias e educação infantil, da Universidade Federal de São Carlos. Considerando as infâncias e suas experiências como um direito das crianças, interessa-nos refletir sobre os tempos e espaços de brincar na escola. Temos por objetivo conhecer e problematizar como as professoras articulam o brincar em turmas do 1º ano do ensino fundamental. Nosso aporte teórico se sustenta nos estudos em infâncias a partir de autores que consideram a criança como sujeito histórico e de direitos (ARIÉS,1981; KUHLMANN, 1998; KOHAN, 2007; 2015). O estudo propôs, como procedimento metodológico, um questionário aberto com professoras do 1º ano do ensino fundamental, em duas escolas do município de Sorocaba-SP, sobre como oportunizam espaços de brincar às crianças. Este estudo revelou a necessidade de problematizar o currículo escolar e a importância da formação inicial e continuada dos (das) professores (as).


Abstract


The article is part of the reflections in a cycle of studies on childhood about childhood and early childhood education at the Federal University of São Carlos. Considering childhood and its experiences as a child's right, we are interested in reflecting on the times and spaces for playing at school. We aim to understand and discuss how teachers articulate play in 1st elementary school year classes. Our theoretical contribution is based on childhood studies from authors who consider the child as a historical subject with rights (ARIÈS, 1981; KUHLMANN, 1998; KOHAN, 2007; 2015). The methodological procedure consisted in an open questionnaire with teachers from the first year of elementary school, in two schools in the city of Sorocaba-SP. The questions were on how they provide children with play spaces. This study revealed the need to problematize the school curriculum and the importance of initial and continuing training for teachers.

Detalhes do artigo

Como Citar
Ruiz Martins, M. A., Rodrigues Sanches, A. P., Walburga dos Santos, M., & Oliveira Camargo, A. R. (2024). Tempos e espaços de brincar no primeiro ano do ensino fundamental. Educação Online, 19(45), e2419450710. https://doi.org/10.36556/eol.v19i45.1544
Seção
Artigos
Biografia do Autor

Maísa Aparecida Ruiz Martins, Universidade Federal de São Carlos - Ufscar

Titulação: doutoranda na Ufscar   Função atual : professora da educação básica na Rede Municipal de Sorocaba   Área de pesquisa: educação, práticas educativas e formação de professores  

Ana Paula Rodrigues Sanches, Universidade Federal de São Carlos - Ufscar

Titulação: doutoranda na Ufscar

Função atual: diretora de escola  na Rede Municipal de Sorocaba

Área de pesquisa: educação, infâncias, currículo

Maria Walburga dos Santos, Universidade Federal de São Carlos - Ufscar

Titulação: doutora em educação


Função atual: docente da Ufscar


Área de pesquisa: infâncias, educação infantil, formação docente, brincar, relações raciais

Andreia Regina Oliveira Camargo, Universidade Federal de São Carlos - Ufscar

Titulação: doutora em educação

Função atual: docente Unifesp e Ufscar

Área de pesquisa: educação infantil, infância, práticas educativas, formação docente

 

Artigos Semelhantes

<< < 23 24 25 26 27 28 29 30 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.