Percepção dos estudantes do ensino fundamental sobre a educação financeira e o consumo consciente

Conteúdo do artigo principal

Alexandre Costa Quintana
Katiani Velleda Pacheco

Resumo

O presente trabalho tem por objetivo verificar a percepção dos estudantes do ensino fundamental sobre a educação financeira e seu uso no planejamento do orçamento familiar. Esse tema foi escolhido a partir da criação de um projeto de extensão, desenvolvido por professores e estudantes do curso de ciências contábeis, em uma universidade pública do Rio Grande do Sul, que aborda a educação financeira para jovens do ensino fundamental. A pesquisa foi desenvolvida com 55 alunos dessa etapa. Por meio da aplicação de um questionário, gerou-se uma interpretação quantitativa e qualitativa das respostas. Conclui-se que, em se tratando de aquisição de habilidades financeiras, os alunos não se encontram preparados para as tomadas de decisões necessárias para uma vida financeira controlada e segura. Eles precisam adquirir informações sobre finanças não somente no âmbito familiar, mas em outros ambientes que possam auxiliá-los de forma eficaz nessas decisões. Ainda há poucas iniciativas por parte do Ministério da Educação (MEC), para incluir, no currículo escolar, conceitos e informações financeiras aos alunos, salvo algumas exceções, conhecidas durante a pesquisa.


 

Detalhes do artigo

Seção
Artigos
Biografia do Autor

Katiani Velleda Pacheco, Universidade Federal do Rio Grande - FURG

Pedagoga e estudante do curso de Ciências Contábeis