Em busca de políticas institucionais para Educação a Distância Aberta e Recursos Educacionais Abertos (REA) no ensino superior: um mapeamento

Conteúdo do artigo principal

Bruno Nicodemos Bispo da Silva
Rodrigo Nonamor Pereira Mariano de Souza
Ivanda Maria Martins Silva

Resumo

Este estudo apresenta um mapeamento sistemático da literatura sobre Educação a Distância Aberta e Recursos Educacionais Abertos (REA), no contexto da educação superior, com o objetivo de mensurar o que já foi produzido sobre a temática em âmbito nacional, entre os anos de 2016 e 2021. Visa também a obter subsídios norteadores que permitam: compreender cenários de pesquisas anteriores, observar o panorama desses estudos como parâmetros de pesquisa e revelar possíveis lacunas existentes sobre essa abordagem, sobretudo, no tocante às políticas públicas e/ou institucionais de REA. Após a montagem das estratégias e realização da busca nas bases de dados, foram recuperados 148 documentos dos quais 24 foram selecionados e apenas 1 apresenta o escopo sobre as questões políticas, indicando escassez desse tipo de abordagem nas produções científicas e acadêmicas brasileiras.

Detalhes do artigo

Seção
Artigos
Biografia do Autor

Bruno Nicodemos Bispo da Silva, Universidade Federal Rural de Pernambuco (Ufrpe)

Titulação: mestrando no Programa de Pós-Graduação em Tecnologia e Gestão em Educação a Distância, especialização em biblioteconomia

Função atual: bibliotecário-documentalista no Sistema Integrado de Bibliotecas da Ufrpe, responsável pela Seção de Coleções Especiais e Repositório Institucional da Ufrpe.

Área de pesquisa: educação, gestão e produção de conteúdos para Educação a Distância.

Link do Lattes: http://lattes.cnpq.br/1456473514007230 

Rodrigo Nonamor Pereira Mariano de Souza, Universidade Federal Rural de Pernambuco (Ufrpe)

Titulação: doutor em ciência da computação pela TELECOM ParisTech

Função atual: professor adjunto da Ufrpelotado na Unidade Acadêmica de Educação a Distância e Tecnologia (UAEADTec)

Área de pesquisa: teoria dos autômatos.

Link do Lattes: http://lattes.cnpq.br/4374501667972124

Ivanda Maria Martins Silva, Universidade Federal Rural de Pernambuco (Ufrpe)

Titulação: doutora em letras (UFPE)

Função atual: professora associada da Ufrpe, lotada na UAEADTec,  licenciaturas em letras e pedagogia, Programas de Pós-graduação em Estudos da Linguagem (Progel), tecnologia e gestão em Educação a Distância (Ppgteg); coordenadora do projeto LABFOR e do programa de extensão MULTILAB: laboratório multidisciplinar de formação docente. 

Área de pesquisa: Educação a Distância e formação docente

Link do Lattes: http://lattes.cnpq.br/8436216704557833