Dificuldades na leitura e na escrita de textos científicos de estudantes universitários do interior do Amazonas

Conteúdo do artigo principal

Klenicy Kazumy de Lima Yamaguchi
Maria Aparecida Silva Furtado

Resumo

Este trabalho teve como objetivo diagnosticar as principais dificuldades encontradas pelos alunos de uma universidade no interior do Amazonas, relacionadas à leitura e elaboração de trabalhos científicos. A metodologia adotada foi a aplicação de um questionário com perguntas fechadas, o que possibilitou desenvolver uma análise quantitativa de caráter descritivo dos dados obtidos. Observou-se que as dificuldades são ocasionadas pela falta compreensão dos textos científicos e também pela qualidade do acesso local à Internet, para aquisição de novas pesquisas e novos conhecimentos. O referencial teórico, os resultados e a discussão foram os itens considerados difíceis, correlacionados com o pouco hábito de leitura. O uso regular de artigos por docentes nas disciplinas e a elaboração de cursos de redação, leitura e pesquisa em banco de dados podem ser utilizados para auxiliar nesse processo.

Detalhes do artigo

Seção
Artigos
Biografia do Autor

Maria Aparecida Silva Furtado, Instituto de Saúde e Biotecnologia da Universidade Federal do Amazonas (ISB/UFAM).

Doutora em Linguística pela Universidade Federal de Minas Gerais. Docente de Comunicação com atuação em Língua Portuguesa no Instituto de Saúde e Biotecnologia da Universidade Federal do Amazonas (ISB/UFAM).