A Biblioteca Comunitária Judite de Sousa Lima, na Terra Indígena Morro Branco - MA: educação e cidadania

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

José Valdenilson da Silva Felix-Ives
Betina Bento Ribeiro Lima
Luiza Nakayama
Neusani Oliveira Ives-Felix

Resumo

Objetivamos entender o papel da Biblioteca Comunitária Judite de Sousa Lima, implantada no Centro de Ensino Indígena Djalma Marizê Filho, para aldeia Morro Branco, no município de Grajaú – MA, após dois anos de funcionamento. A comunidade considera que a implantação da biblioteca proporcionou maior motivação para a prática da leitura, acesso a livros e a pesquisas, a oportunidade de um aprendizado diferenciado por meio da leitura compartilhada. As professoras afirmaram que realizam atividades no local: conto de histórias, roda de leituras, exibição de vídeos, pesquisas, produção de material didático e planejamento de aulas, dentre outras. Concluímos que essa biblioteca se constitui em um espaço de mediação da leitura e de conhecimentos e vem oportunizando acesso à informação, ao lazer e à cultura. Favorece, assim, a formação de cidadãos leitores e pesquisadores e pode colaborar para o desenvolvimento sociocultural da comunidade, além de fortalecer a pertença étnica.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Seção
Artigos
Biografia do Autor

Betina Bento Ribeiro Lima, IESPIMA

Graduada em Pedagogia pelo Instituto Avançado de Educação, Cultura, Pesquisa, Tecnologia e Meio Ambiente- IESPIMA, professora da rede municipal de Grajaú-MA, pré-escola indígena. Indígena da etnia Tentehar, da comunidade Morro Branco. Área de atuação: Docência em pré-escola indígena Tentehar.

Luiza Nakayama, ufpa

Doutora em Genética e Biologia Molecular pela Universidade Federal do Pará. Sou Professora Titular Aposentada e Voluntária da Universidade Federal do Pará. Chefe do Laboratório de Biologia de Organismos Aquáticos (LABIO) e da Sala Verde POROROCA: espaço interativo socioambiental Paulo Freire (convênio MMA/UFPA, registrado na PROEX-UFPA, como Programa Sala Verde Pororoca, com três subprojetos em andamento), ambos instalados no Centro de Estudos Avançados em Biodiversidade (CEABIO-UFPA). E-mail:

lunaka@ufpa.br.

Publicações:

GOMES, R. K. S.; NAKAYAMA, L. . Vivências em uma escola ribeirinha amazônica amapaense. Revista Eventos Pedagógicos, v. 9, p. 556-569, 2018.

ZACARDI, D. M. ; BITTENCOURT, S. C. S. ; NAKAYAMA, L. ; QUEIROZ, Helder Lima de . Distribution of economically important fish larvae (Characiformes, Prochilodontidae) in the central Amazonia, Brazil. Fisheries Management and Ecology , v. 24, p. 1-9, 2017.

 

Neusani Oliveira Ives-Felix, ufma/ufpa

Mestre em Educação e Doutoranda em Antropologia pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Graduada em Pedagogia pela Universidade Federal do Tocantins (UFT).

Área de atuação: Professora do Curso de Licenciatura em Ciências Naturais – Química da Universidade Federal do Maranhão – UFMA/Câmpus de Grajaú nas disciplinas de Fundamentos de Educação.

Linhas de pesquisa: Povos indígenas, Saberes tradicionais, Educação intercultural e Educação para a diversidade.

Publicações importantes:

IVES-FELIX, N. O.; NAKAYAMA, L.; FELIX-IVES, J. V. S. Alunos indígenas em uma escola não indígena maranhense: possibilidades e desafios. Cocar, Belém - PA, v. 12, n. 24, p. 643-664, jul./dez. 2018;

IVES-FELIX, N. O.; NAKAYAMA, L. A danada da escola está lá: educação Infantil vivenciada pelas crianças indígenas Tentehar maranhenses. Tellus, Campo Grande - MS, n. 36, a. 18, p. 39-66, mai./ago, 2018.